Dança das Carreiras: A Tendência Mundial das Carreiras Múltiplas

Tempo de leitura: 6 minutos

Carreira, do latim, significa “estrada rústica”. Foi apenas a partir de meados do século XIX que a palavra abraçou o significado de trajetória profissional, com a ideia associada de caminho estruturado, organizado e de progressão vertical.

Hoje, no ano de 2019, a palavra carreira ainda carrega o significado profissional linear. No entanto, começa-se a aceitar que o caminho percorrido seja com desvios e paradas, descontínuo e instável.

Tendência mundial, o fenômeno das carreiras múltiplas está ganhando espaço em artigos e capas de revistas. Impulsionadas pela flexibilização do mercado, as carreiras múltiplas são a opção escolhida entre aqueles que buscam propósito profissional ou um simples aumento de renda.

É certo que elas ainda causam estranheza e desconforto no mercado de trabalho brasileiro. Toda mudança leva o seu tempo. Mas já podemos encontrar indícios de que esta tendência se fortalecerá também no Brasil.

Fonte: Unsplash

 

Sem Apego: Perdeu O Encanto – Next!

O modelo tradicional de carreira vem sofrendo mudanças. Antes, era comum fazer carreira dentro de uma única empresa. Isso era símbolo de sucesso. Quantas vezes não escutamos nossos pais: “entre em uma boa empresa e não saia!”.

Hoje, é bem comum que o profissional passe por diversas empresas. A troca de camisa da empresa é quase tão frequente quanto a troca de time de futebol por um jogador profissional. Não existe mais tanto apego à empresa em si.

Outro ponto importante de mudança é que o sucesso passou a ser definido para além de status e dinheiro. Questões como realização, equilíbrio e satisfação passaram a ser os objetivos principais de muitos profissionais.

A propósito, em um mundo quase dominado por startups e empreendedores, a busca por desafios tem se mostrado um combustível mais poderoso do que bonificação salarial em alguns casos.

Os gestores devem ficar atentos a essa mudança de prioridade em seus colaboradores, caso queiram manter os talentos na organização.

 

Carreiras Múltiplas: O Mundo Está Preparado?

Além de ser comum trocar de empresa durante a carreira, agora temos o fenômeno mundial das carreiras múltiplas. Aqui, as pessoas atuam, simultaneamente, em diferentes áreas.

De fato, ter múltiplas carreiras não deveria ser nenhuma novidade. Leonardo da Vinci foi, talvez, o mais famoso entre aqueles que optaram por esse formato. Pintor, escultor, engenheiro, poeta, Da Vinci se aventurou por diversos caminhos, sem perder a excelência em seu trabalho.

No entanto, como falei anteriormente, o conceito de carreira foi se transformando em algo estável, “para cima” e reto. As bifurcações da estrada eram evitadas ou ignoradas. Prova disso é tentar preencher qualquer formulário: só tem um espaço para preencher.

Queridinho do mundo corporativo, completar o perfil no LinkedIn é um desafio para os que seguem carreiras múltiplas. É como se o limite de caracteres limitasse o seu alcance profissional.

Ao colocar várias barras de áreas de atuação embaixo do nome, o profissional, inevitavelmente, se pergunta: “será que isso chama a atenção dos recrutadores positiva ou negativamente? Será que não pareço um pouco perdido profissionalmente? Alguém sem foco, que atira para todos os lados, até mesmo fracassado?”

Existe esse medo porque existe ainda a norma de uma carreira só. Acho que o LinkedIn (e os recrutadores) precisa ser atualizado quanto às formas de apresentação profissional!

Fonte: Unsplash

Fenômeno Mundial: Portfolio Career

De acordo com matéria da Revista Você S/A, o fenômeno das carreiras múltiplas já está consolidado nos Estados Unidos e chama-se “portfolio career“. Como já mencionei, algumas das atividades desempenhadas pelo profissional múltiplo são motivadas por dinheiro, outras por interesse ou até por alguma causa.

O artigo salienta que ter carreira múltipla é ir além de ter alguns bicos. É um projeto de vida que dá propósito ao indivíduo, que investe tanto financeira quanto emocionalmente nessas atividades.

Como multipotencial, já fiz muita coisa nessa vida profissional: psicóloga, tradutora, gerente de hotel e produtora de conteúdo, para citar as principais. Agora, é a primeira vez que, de fato, tenho exercido duas profissões simultaneamente. Ou seja, é a primeira vez que tenho carreira múltipla.

Confesso que é correria e cansaço. Mas, está valendo a pena! Foi um modo de eu me aquietar intelectualmente e ajudar um pouco as finanças.

No Brasil, ainda não existem estudos oficiais sobre o assunto, mas tudo aponta para que as carreiras múltiplas se multipliquem também por aqui. Não apenas pelo fator econômico de uma renda extra, mas, também, por ser uma forma de aumentar a empregabilidade, especialmente em tempos de escassez de empregos.

Além disso, aprender a administrar o tempo, o foco e a renda destinados a cada área pode ser uma grande vantagem em tempos em que trabalhar com projetos e com contrato flexível já é uma realidade para muitos.

Por fim, desenvolver múltiplas carreiras aumenta o repertório do profissional, o que é fundamental no mercado de hoje, em que cargos são constantemente modificados e as linhas entre áreas cada vez mais tênues.

Já escrevi aqui no Blog sobre os diferentes tipos de profissionais que estão ganhando destaque no mercado de trabalho. Entre eles, em comum está a versatilidade e a flexibilidade dentro da empresa. Algo que quem possui carreira múltipla também desenvolve muito.

 

Carreira Múltipla É Para Mim?

Esse perfil de trabalho não é para todo mundo, mas pode cair como uma luva para os multipotenciais. Se você for apegado à estabilidade e à rotina, talvez não seja para você.

Tem que ter coragem para enfrentar o novo, possuir muita curiosidade e organização para administrar diversos projetos. Ninguém precisa ser um gênio como Da Vinci. Mas é necessário ter um perfil adequado.

Está na dúvida? Pense no que te dá satisfação profissional e exercite seu autoconhecimento. Peça ajuda a um coach se for preciso. Existem muitas possibilidades de carreiras e nenhuma receita de bolo. O que funciona para mim pode ser péssimo para você.

Ter dinheiro no bolso é essencial, e ter propósito também. Leve em consideração sempre esses dois fatores. O mundo não é cor-de-rosa, mas, também, não precisa ser cinza.

Faça a SUA carreira. E sem ansiedade! A música vai continuar tocando, a vida vai seguindo seu caminho. Nada precisa ser tão definitivo. Quem sabe na próxima parada de música, você não escolha sentar em uma cadeira diferente?

Fonte: Unsplash

3 Comentários

  1. Avatar

    Realmente os conteúdos aqui publicados já abrem um pequeno campo de visão. Já se criam novos pensamentos, e vontade de participar desse conceito. Conhecer novos horizontes é preciso! Se informar também.

    Responder
    1. Avatar

      Que bom, Gabriel!!
      Espero que continue nos acompanhando por aqui, no grupo do facebook e também no instagram (@multisdobrasil).
      Vamos juntos abrindo horizontes com novas informações, conceitos e histórias inspiradoras 🙂

      Responder
    2. Paula

      Oi, Gabriel!

      Que legal saber que você está gostando dos conteúdos aqui do Blog. Compartilhamento de informação e de conhecimento sempre traz benefícios. Fique à vontade para interagir por aqui sobre os temas discutidos sempre que quiser.

      Um abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *