6 Maneiras De Comunicar Sua Multipotencialidade: O Que Fazer Quando Ninguém Te Entende

Tempo de leitura: 9 minutos

Crédito: Unsplash
Crédito: Unsplash

“Você precisa decidir o que quer pra sua vida.”

Já ouviu isso de alguém que ama muito?
Sentiu que não era compreendido pelas pessoas mais próximas?
Ouviu críticas de amigos sobre suas escolhas e decisões?
Teve dificuldade de explicar sua trajetória e planos para alguém que acabou de conhecer?
Você é multipotencial, por isso, posso apostar que já passou por essas situações.
É difícil quando as pessoas, principalmente as mais queridas, não entendem e muito menos apreciam nossos gostos, escolhas, valores, enfim, nossa multipotencialidade.
Por isso, um dos grandes problemas do multipotencial é sentir que não é aceito, o que causa ansiedade e necessidade de “se encaixar”. Você tenta ser mais como o que é esperado de você, mas o resultado disso é se sentir infeliz e insatisfeito. Com o tempo, invariavelmente, a situação fica insustentável.
Antes de mais nada, você precisa aceitar sua multipotencialidade.
Entender que é normal ter muitos interesses, precisar de variedade e não ter uma única paixão. Você também precisa se conhecer porque, quanto mais se conhecer, maior será a clareza sobre quem é, quais são seus objetivos e o que te faz feliz.
Quando estamos perdidos, não conseguimos passar confiança em relação às nossas escolhas para os outros. Então, uma vez que você melhore seu autoconhecimento vai ser bem mais fácil comunicar suas motivações e objetivos. E, por consequência, ser compreendido.
Comunicação é tudo. Se você não consegue comunicar muito bem sua essência, como espera que os outros a entendam?
Mas e se, mesmo assim, família, amigos e colegas continuarem preocupados e te pressionando para ser alguém que não é. O que você pode fazer para minimizar ou até mesmo eliminar esse problema?
Aqui vão algumas ideias!

 

Crédito: Pexels
Crédito: Pexels

PLANO DE AÇÃO PARA EXPRESSAR QUEM VOCÊ É

#1 – Tenha em mente com quem está lidando.

A primeira coisa a ser considerada quando você precisa explicar sua multipotencialidade, seus gostos e escolhas, é: quem é a pessoa com quem está falando?
Algumas merecem nossa energia e atenção para explicações, outras, nem tanto. Por isso, não se desgaste se importando com a opinião de quem não é relevante na sua vida. Tenha confiança em si mesmo, nas suas escolhas e no que te faz feliz. Você não precisa da aprovação de ninguém.

 

#2 – Procure entender a pessoa com quem está conversando.

As pessoas que queremos que nos entendam e nos apoiem são aquelas que mais amamos. Normalmente buscamos a aceitação de nossos pais, companheiros e amigos mais próximos.
Nesses casos, é muito difícil ignorar suas opiniões.
O passo seguinte, então, é se colocar no lugar daquela pessoa que não te entende. Qual o seu passado? Por que ela tem as necessidades e opiniões que tem? O que ela deseja para você e está expressando de forma errada?
Se são seus pais que não te entendem, por exemplo, pode ser que isso aconteça porque eles são de outra geração e seus valores e ideais de sucesso são muito diferentes dos seus. Eles querem seu bem e, por isso, podem estar pressionando para que aja e escolha diferente.
Por isso, procure entender o ponto de vista do outro, aceitá-lo, na medida do possível, e expressar sua opinião da melhor forma para que a compreendam.

 

#3 – Saiba explicar sua multipotencialidade.

Após buscar entender o outro lado, comece a montar seus argumentos.
Tenha preparado um discurso para explicar o que é multipotencialidade, porque você simplesmente é uma pessoa que tem muitos interesses e é saudável para você explorar todos eles.
Além disso, faça um trabalho de autoconhecimento para saber quais são suas paixões, seus talentos e valores. Dessa forma, vai ser muito mais fácil passar confiança para os outros, porque você não estará se sentindo perdido.
Você também pode, e deve, compartilhar suas referências com essa pessoa. Mostre para ela esse blog ou o livro Refuse to Choose, da Barbara Sher.

 

#4 – Mostre resultados.

Deixe bem claro para a pessoa que não te entende e quer que você mude, que você está feliz sendo quem é, que se aceita e que sua vontade é seguir suas múltiplas paixões e sonhos.
Busque dar exemplos concretos do dia a dia, demonstre que está mais feliz e satisfeito agora que pode expressar sua essência.
Às vezes, porém, você ainda não tem resultados palpáveis para apresentar ou a pessoa em questão não os leva em consideração, então…

 

#5 – Compartilhe exemplos de multipotenciais bem sucedidos.

Tem muito multipotencial que está super feliz e satisfeito com sua vida.
Muitos são extremamente bem sucedidos em suas carreiras e, por isso, são excelentes cases para apresentar para familiares e amigos preocupados com seu sucesso. Para isso, você pode conferir a sessão de entrevistas do Multipotenciais, onde pessoas incríveis nos contam como a multipotencialidade está presente em suas carreiras e como alcançaram o sucesso.
Ou usar alguns desses exemplos:
JAMES FRANCO:
1James é um ator, diretor, roteirista, comediante, produtor cinematográfico e escritor americano. E apesar de acumular todas essas funções, ele consegue mandar bem em muitas delas, diferente do que o senso comum prega. Ele já foi indicado para muitos prêmios como ator, inclusive o Oscar, e venceu alguns deles, como o Globo de Ouro. Mas ele também é artista e já fez exibições que incluíam escultura, fotografia, desenhos, filmes e vídeos. Ah, James também está estudando Inglês em Yale e sai de lá PhD. Enfim, ele deve ter ainda outras atividades, mas essas já refutam a teoria de que, para ser bem sucedido, é preciso focar em uma coisa só.
OPRAH WINFREY:
2Além de ter sido apresentadora de um dos programas de mais sucesso da TV americana, Oprah é atriz, produtora, empresária, filantropa, editora de revista e autora de livros. Ela já foi considerada uma das mulheres mais influentes do mundo e foi a primeira mulher negra americana a entrar para a lista de bilionários da Forbes. Seu talk show ganhou vários prêmios Emmy e ela já foi indicada para o Oscar como atriz, pelo filme “A Cor Púrpura”. Depois de seu programa de entrevistas, que ficou no ar durante 25 anos, Oprah criou sua própria rede de televisão. Sua trajetória de extremo sucesso também é um exemplo de que é possível sim ter sucesso em mais de uma atividade.
RICHARD BRANSON:
3Branson é um empresário britânico e suas empresas atuam nas mais diversas áreas: música, aviação, vestuário, biocombustíveis e viagens aeroespaciais. Mais conhecido por ser fundador do grupo Virgin, que possui mais de 400 companhias, ele tentou bater recordes mundiais, atravessando o oceano de barco e de balão. Além das empresas, Branson publicou uma autobiografia que tornou-se best seller internacional, é filantropo, atuou (sendo ele mesmo) em muitos programas de tv, entre muitas outras coisas. Por causa de suas aventuras em diversas áreas e ramos de negócios, Richard Branson é um dos empresários mais bem sucedidos da atualidade e está na lista da Forbes de milionários do mundo.
Quer um exemplo incrível de multipotencial bem sucedido aqui mesmo, no Brasil? Temos aqui.
Você também pode falar sobre Leonardo da Vinci, o clássico modelo de multipotencial.
Ou, se você conhece alguém próximo que é multipotencial, assume essa personalidade e é muito bem sucedido em sua vida e carreira, use esse exemplo também!

 

#6 – Encontre sua turma.

Se sua família e amigos continuarem não te apoiando, vá atrás de conhecer e conviver com pessoas que te entendem pois são como você.
Existem muitos multipotenciais “escondidos” por aí e tenho certeza que você vai conseguir encontrá-los!
É bom saber que fora do seu círculo familiar e de amizades existem pessoas que concordam e veem o mundo do mesmo ângulo que você. Mesmo que você apenas as conheça virtualmente ou que nunca se encontrem.
Um bom começo é participar da nossa comunidade no facebook de Multipotenciais do Brasil!

 

Crédito: Pexels
Crédito: Pexels

BÔNUS: PARE DE SE IMPORTAR COM O QUE AS OUTRAS PESSOAS PENSAM

Mesmo com esse plano de ação, é importante que você comece a exercitar o “músculo” de não ligar para a opinião alheia.
Ninguém, multipotencial ou não, agrada a todos. Quando você se posiciona, mostra sua essência e vai atrás do que quer, sempre vai existir alguém que não concorda com você. E está tudo bem.
Passar sua vida tentando convencer os outros de que seus pensamentos e modo de vida são os corretos ou mudando quem você é para agradar alguém é uma completa perda de tempo.
Esse é aquele tipo de conselho que é fácil de dar, mas colocar em prática é uma outra história. Por isso, te convido a ler o artigo “Por que você deveria parar de se importar com o que as outras pessoas pensam”. Nele, você vai entender por que nos importamos tanto com o que os outros pensam de nós e vai conhecer algumas razões bastante lógicas do porque deveríamos parar com isso. Spoiler: é tudo culpa do nosso mamute! Clique aqui para domar seu mamute.
Moral da história:
Mesmo que você sinta necessidade de explicar sua multipotencialidade e os motivos para suas escolhas para aqueles mais próximos de você, você tem todo o direito (e inclusive o dever) de ser quem é.
Só sendo assim você será uma pessoa mais feliz, animada e realizada. O que é bom pra você e também para todos que estão à sua volta.
Por isso, é importante pensar em si mesmo em primeiro lugar em alguns momentos. Sabe aquelas instruções de avião: em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente? Você precisa colocar a máscara em si mesmo antes de ajudar quem está do seu lado. É mais ou menos por aí…
__________
Inscreva-se no Mini Curso de Boas Vindas do Multipotenciais do Brasil! Você vai descobrir como Harry Potter, roteiros, clones, filmes e cisnes vão te ajudar a ter mais clareza, confiança e mostrar sua essência para o mundo. Nesse curso por e-mail você recebe conteúdo exclusivo 100% gratuito e exercícios práticos editáveis. Vem!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *