[Perfil] Lapidação de Pessoas: Psicóloga Fala da Importância do Processo de Descoberta para o Multipotencial

Tempo de leitura: 5 minutos

Crédito: Unsplash
Comecei nossa comunidade de Multipotenciais do Brasil para inspirar todos que:
  • se sentem deslocados por terem muitos interesses e paixões,
  • gostam de variedade e de explorar novos assuntos,
  • e não se sentem confortáveis em abrir mão de nada que querem fazer.
Acredito que uma das melhores formas para fazer isso é mostrando pessoas que são parecidas com você e que estão felizes fazendo tudo o que amam.
Por isso, te apresento a Juliana Canavese.

 

Crédito: Arquivo Pessoal
A Ju é psicóloga e, quando começou o processo do Multipotencialize-se, estava perdida, sem saber como se posicionar no mercado e em relação ao seus planos de estudos para uma pós-graduação.
Leia o depoimento dela, um artigo que escreveu em seu blog pessoal, sobre como foi a descoberta da multipotencialidade e passar pelo Multipotencialize-se.

“VOCÊ SABE O QUE É SER UMA PESSOA MULTIPOTENCIAL?

Recentemente comecei uma pesquisa sobre novos modelos de trabalho e de pessoas que se dedicam a vários projetos. Achei um termo que quando li foi identificação à primeira vista.
Quem me conhece sabe o quanto sou uma pessoa criativa e a facilidade que tenho para dar ideias, sugerir melhorias e ver saídas onde parece não ter solução. Estar pronta para apoiar é algo muito forte em mim, sempre estou disposta a ouvir e se possível tentar ajudar no que estiver ao meu alcance.
Bem, tudo isso ficou muito mais claro quando passei novamente por um processo de autoconhecimento, quem me conhece bem também sabe que gosto de estar sempre mergulhada em terapias, vivências, cursos que tragam algo a mais além de aprimorar as habilidades técnicas e ser uma pessoa melhor.
A partir desse novo processo de autoconhecimento eu descobri que eu posso ter vários projetos, que posso me dedicar a todos eles sem me sentir inadequada e sem ter que dar muita satisfação sobre minha escolha profissional do momento. Simplesmente entendi que não tem necessidade de limitar minha atuação à uma única área ou um único projeto. Me sentia um pouco inadequada, pois as frases em volta me deixavam um pouco frustrada e necessitava me explicar: ‘Você precisa de foco, você não termina nada o que começa, vai fazer mais um curso?’
Percebo que a grande maioria das pessoas acha que é preciso escolher apenas uma profissão e que é necessário se especializar em algo. Bom, quando entendi que todas as minhas inúmeras ideias e paixões têm um ponto em comum, quando finalmente encontrei o fio da meada e estou entendendo o meu padrão de recompensa, sinceramente tirei um peso das minhas costas.
Importante colocar aqui que todo esse processo de descoberta está sendo feito com muita dedicação, com entrega total a me entender por completo, processo esse que ainda está em andamento. Eu decidi investir mais uma vez em uma busca para olhar a fundo para meus Talentos e Paixões e tem sido um mergulho cheio de cores e amores. Cada vez que descubro e identifico algo me sinto mais completa e mais leve.
Ser multipotencial exige organização de ideias e planejamento, não pensem que é fácil se descobrir multipotencial e achar que pode fazer uma salada misturando tudo, muito pelo contrário, o processo de descoberta exige muita organização de ideias, das emoções e muita organização de tempo.
Quer saber o caminho que tenho feito? Pois bem, me chame para um café, adoro sentar num lugar gostoso, tomar um bom café e conversar sobre temas de autoconhecimento, e muito mais que isso, gosto de apoiar pessoas em seu desenvolvimento pessoal e profissional.”
(Juliana Canavese, publicado originalmente em: http://omundomagicodejuliana.blogspot.com.br/2017/02/voce-sabe-o-que-e-ser-uma-pessoa.html)
Desde que escreveu esse texto, a Ju finalizou o processo e conseguiu descobrir a intersecção entre seus interesses: apoiar pessoas. Ela já tinha vários projetos em andamento e alguns parados, e ao perceber que o ponto comum entre eles era esse, todos passaram a fazer mais sentido. Agora ela se dedica a desenvolver todos eles, sem deixar nada para trás e podendo colocar várias de suas ideias em prática, usando seus talentos e paixões.
Um ponto muito legal de destacar é ela ter feito a conexão entre um dos seus interesses, lapidação de pedras, e seu propósito de apoiar pessoas.
Leia o que ela agora inclui em suas propostas de serviço: Juliana Canavese “acredita que o desenvolvimento humano pode ser comparado ao processo das pedras brutas que passam pela lapidação. Muitas vezes a forma original de uma pedra já é linda e digna de admiração, porém passando por um processo de lapidação pode tornar-se ainda mais brilhante podendo vir a ser muito mais reluzente. Assim somos nós, seres humanos, desde que nascemos já possuímos uma luz e à medida que vamos crescendo devemos alimentar e aprimorar nossas competências para que essa luz continue brilhando e se expanda cada vez mais.
É através de ferramentas adquiridas com a formação em Psicologia e outras adquiridas em sua trajetória na busca pelo autoconhecimento que Juliana entrega em seus treinamentos conhecimento e experiências que deram certo, acreditando ser de extrema importância para as pessoas se manterem mais motivadas, felizes e realizadas.”
Isso que é conectar paixões, não é?
Quer conhecer melhor o trabalho da Juliana Canavese ou conversar com ela? Envie e-mail para juliana.canavese@gmail.com ou adicione no Facebook.
Quer passar pelo mesmo processo de aceleração para mapear suas paixões, encontrar a intersecção entre seus interesses, ter mais clareza e planejamento para integrar a multipotencialidade na sua vida, em apenas dois meses? Conheça o Multipotencialize-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *